Páginas

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Primeiros passos


Receber tartarugas em casa e o que fazer agora? Bom, desde logo o primeiro desafio era - onde as colocar? As duas tartarugas estavam num minúsculo aquário com poucos centímetros de água e era evidente, até mesmo para um leigo como eu, que precisavam de mais espaço. Comecei por improvisar o que tinha mais à mão e arranjei uma bacia bem grande que levava uns bons litros de água, coloquei areão no fundo para dar um ar mais natural, pus uma pedra bem grande no meio para elas poderem trepar e terem uma zona seca e apanharem todo o sol que quisessem e já está! Rápido, simples e eficaz!

Era o que estava mais à mão, mas na verdade elas já tinham ficado a ganhar muito com a mudança de dono e de instalações, agora, já podiam ao menos nadar mais à vontade quando antes só caminhavam sobre água, e estavam agora no exterior e num sítio onde podiam apanhar todo o sol que quisessem, muito melhor que por trás de uma janela de apartamento. 




Eram estas as duas primeiras meninas que adotei, duas tartarugas de manchas vermelhas (Trachemys scripta elegans) e estas são das poucas fotografias que tenho desses primeiros tempos, ainda tiradas com uma máquina fotográfica com rolo. Na primeira fotografia já dá para ver que já estavam a comer ração e não exclusivamente camarão seco. 

Sem comentários:

Enviar um comentário