Páginas

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Tartarugas no Parque Biológico de Gaia

Frequentemente desloco-me ao Parque Biológico de Gaia para aproveitar aquilo que o parque tem para oferecer aos visitantes. Para quem (ainda) não conhece, trata-se de um parque que ao longo de um circuito de cerca de 3km - que pode ser encurtado com atalhos deixando de visitar alguns locais - proporciona um passeio agradável, com muito para ver e também para ensinar, tanto aos adultos mas principalmente às crianças que hoje em dia contactam cada vez menos com a natureza e animais do campo.

Em vários pontos do parque é possível encontrar tartarugas, mais aquáticas mas também algumas terrestres, quer em locais específicos num conceito mais "zoo" como nos lagos do parque num estado de quase plena liberdade.



Muitas destas tartarugas foram ali parar - e a muitos outros sítios que as acolhem - porque muitas vezes as pessoas compram tartarugas de uma forma impulsiva e irresponsável porque se calhar acharam piada quando as viram tão pequeninas numa loja de animais e pensam ingenuamente que a pequena tartaruga irá ficar assim para todo o sempre do género tartaruga-bonsai, ou para satisfazer um capricho dos filhos, ou por outro motivo qualquer mas desconhecendo tudo o que envolve e implica ter uma tartaruga aquática em casa. Depois, quando o animal cresce, e a verdade é que as tartarugas crescem e bem rápido e já não lhes acham tanta piada entregam-nas nestas instituições ou pior abandonam-nas na natureza, onde muitas vezes estes animais se adaptam facilmente ao nosso meio e vão concorrer diretamente com as nossas tartarugas autóctones.












Sem comentários:

Enviar um comentário