Páginas

sexta-feira, 1 de março de 2013

Diferenças de temperaturas

Fevereiro ficou para trás e o dia de hoje trouxe-nos um novo mês. Março madrugou e logo no primeiro dia mostrou a sua cara de mês que nos presenteia com dias de inverno de manhã e dias de soalheiros de tarde. De manhã estava tudo salpicado de branco, tudo branquinho cheio de geada. Antes das dez da manhã saí de bicicleta bem agasalhado e ia bem devagarinho não fossem as mãos congelar! mas de tarde já andava de calções e de camisola de manga curta.

No ano passado, creio que todos estão lembrados que tivemos um inverno muito atípico. Não chovia e estava imenso calor e os meses de janeiro e fevereiro mais pareciam meses de verão; como não chovia não havia erva nem pastos para o gado, os agricultores reclamavam e a ministra-das-não-sei-quantas-pastas rezava dizia que era preciso ter fé. Por certo a ministra, apesar de fervorosa católica não terá rezado aos seus santos com a fé necessária e a verdade é que os dias continuaram bastante quentes e a chuva não apareceu. 

Mas a verdade é que a temperatura é crucial para as tartarugas. Eu sou um mero cuidador de tartarugas, e assumo a minha ignorância em assuntos muito específicos, mas o contacto com elas trás-nos alguma alguma experiência. 
No ano passado em meados de fevereiro, graças às temperaturas elevadas e anormais para a altura, já as tartarugas tinham saído da hibernação, já andavam todas cá por fora como se vê na fotografia abaixo, de 28 de fevereiro de 2012, e já comiam normalmente.



Mas este ano não, estamos a passar por um inverno normal. E a verdade é que hoje, apesar do dia soalheiro que esteve de tarde, só as duas tartarugas de manchas vermelhas que tenho comigo há mais tempo é que vieram cá para fora. Talvez o frio que se fez sentir de noite, que deve ter rondado os zero graus tenha intimidado a outra de manchas vermelhas que de vez em quando também tem vindo cá para fora apanhar sol. Hoje, só mesmo as mais velhas se sentiram motivadas a vir cá para fora neste primeiro dia de março de 2013. 








2 comentários:

  1. Isto é que é boa qualidade de vida! Assim até eu queria ser tartaruga!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já não sei, fiquei desanimado com o que aconteceu...

      Eliminar