Páginas

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Plantas aquáticas - Lentilha-de-água

A Lentilha-de-água (Lemna) é uma planta flutuante minúscula (existem diferentes espécies como a Spirodela que é bem maior) muito utilizada como ornamental em lagos, e pode ser uma fonte de alimento natural, que contém proteínas e gorduras, e que que é particularmente apreciada pelas tartarugas. Eu tenho colocado bastante no lago, e não dura muito tempo, porque principalmente o macho (hieroglifica) gosta muito de a comer, ao passo que as outras senhoras de manchas vermelhas, bem mais velhas, que segundo se diz, conforme vão envelhecendo se tornam grandes apreciadoras de verduras, parece-me que as ignoram. Mas uma coisa é certa, por mais lentilha que lá coloque ela desaparece rapidamente, e não tem tempo de se propagar!

Muitas pessoas não simpatizam muito com a Lentilha-de-água, porque esta se agarra a tudo, incluindo as nossas próprias mãos, e se colocarmos muita quantidade no lago, agarra-se às próprias tartarugas, quando estas saem do lago. Eu gosto desta planta por diferentes motivos, arranja-se facilmente, propaga-se rapidamente, serve de decoração e é uma boa dose de alimento gratuito.  

Hoje apanhei a hieroglifica-macho a devorar grande parte da Lentilha-de-água que tinha colocado. Os ingleses chamam-se "erva-dos-patos"(duckweed) mas eu acho que bem lhe poderiam chamar também "erva-das-tartarugas-aquáticas"! 


No vídeo vê-se também uma tartaruga de manchas vermelhas a comer uns bons bocados (a boca é bem maior também!) mas parece-me que foi um mero reflexo condicionado, do género, se ele está a comer deve ser bom. Ou então estou enganado, e elas até comem bem mais do que eu imagino. Mas ainda assim nada se compare com propensão para a comida vegetariana da hieroglifica!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Sombrinha chinesa

Hoje, estavam todas tartarugas a aproveitar o sol de primavera, quando de repente, uma delas, a maior, sai da sua espreguiçadeira, começa a caminhar, e vai-se instalar à sombra de um feto e ali permaneceu durante o tempo que ali estive.









terça-feira, 8 de abril de 2014

Duas tartarugas para adoção

Fui contactado aqui no Plastrão, por um senhor que tem duas tartarugas, para entregar a quem tiver boas condições para as manter. Eu infelizmente não posso continuar a adotar mais, pois já tenho cinco e o lago só tem 500L. 

As duas beldades são estas:




Se alguém tiver interesse, pode contactar o senhor Miguel para o e-mail: miguel***@hotmail.com
O senhor deixou-me a indicação que entrega em qualquer ponto do país.

É por isto que estou sempre a dizer: não comprem tartarugas, adotem. Há sempre alguém que, por algum motivo, oferece as suas. E claro, nem pensar em abandoná-las na natureza!

P.S.: Foi já encontrado um novo dono. 

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Galeria XXXVII - Primavera 2014

A primavera entrou há duas semanas, e como é normal nesta altura, o tempo tem estado instável, com muita chuva e temperaturas amenas. No dia 1 de abril - e não é mentira! - encontrei até, estranhamente, todas as tartarugas debaixo de água, num estado de quase hibernação.

Mas foi caso único, e durante estes dias de abril, faça sol ou faça chuva, as bichas têm andado sempre muito ativas.













quarta-feira, 2 de abril de 2014

Caracóis II

Com a chuva os caracóis aventuram-se mais durante o dia, e como tal, é sempre bom para se apanhar alguns destes moluscos, e proporcionar às bichas, alimento vivo, que é bastante rico em cálcio. Se forem caracóis pequenos, elas comem-nos com casca e tudo, se forem como os que apanhei, bastantes grandes, elas, como se pode ver no vídeo, arrancam-lhes a concha com as patas. O inconveniente é que sujam bastante a água, e eu estou mesmo a pensar que para contornar isso, talvez fosse melhor, colocar as tartarugas numa bacia grande que tenho, e deixá-las alimentar-se ali, e então depois voltarem para o lago.