Páginas

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Um história com final feliz

Enquanto hibernava, uma tartaruga com cem anos, sofreu um ataque de ratos, que lhe comeram as pernas dianteiras, e ao que parece, este tipo de ataque por parte dos roedores não é assim tão incomum quanto isso. O veterinário conseguiu salvá-la da infeção, mas temia que ela pudesse não sobreviver por ficar imóvel. 

Depois de gastar imenso dinheiro em veterinários, o proprietário de 56 anos, pediu ajuda ao filho, engenheiro mecânico, e tiveram uma brilhante ideia. Colocaram uma estrutura com rodas na carapaça da tartaruga, colada com resina, e que lhe permite movimentar-se, e com o dobro da velocidade anterior. Quer-me parece que está uma prótese muito bem conseguida. 







* Notícia via Mail Online